subscrever o vídeo do dia aeiou:
subscrição efectuada.
  • Palestra O Sofrimento é Porta – Acampamento de Oração 2008 (Padre Fábio de Melo)

    teste
    FAVORITO
    3.00/5
    Partilha no teu site ou blog:

    Link para a Palestra “Sofrimento, Desafio para Gigantes” que sucede esta e faz parte de uma sequência: http://youtu.be/ZD4R8nog-cQ

    O sofrer figura como uma realidade das mais decorrentes, pois é causa de muito dizer, pensar e refletir. No sofrimento de Jesus, a angústia suprema que O abate é revelada a nós. Ele, por ser Filho de Deus, sofreu; isso é para nos identificar que a cruz não é uma representação nem um teatro, pois Ele não estava representando, mas vivendo na realidade humana por escolha da dura realidade, da conseqüência do Seu viver. Naquele momento, Ele estava com medo.

    Temos o direito de chorar e dizer que estamos com medo, porque o peso da vida está sobre nós. Tornamo-nos diferenciado por que nos tornamos humanos demais. Nós ainda não encontramos maquiagem que maqueie nossa dor. O sofrimento é humano, real e concreto. Jesus pede ao Pai : “Pai, se é de teu agrado, afasta de mim este cálice! Não se faça, todavia, a minha vontade, mas sim a tua” . Ele sabia que este momento era uma transição e precisava de Deus para vencer a batalha. Nem o Filho de Deus escapou do sofrimento. Não podemos mudar o sofrimento, mas podemos pedir o milagre de saber conviver com ele. Ainda estou convencido de que o pior dos sofrimentos, nesta vida, é o sofrimento de não saber sofrer.

    Quantas vezes você pediu para que o Senhor nos tirasse o sofrimento? Nós não temos como mudar isso. Quando o sofrer bater à sua porta, é melhor abri-la. Se não a abrir, ele vai ficar insistindo. Temos medo de abrir a porta para o desconhecido.

    Sofrimento é porta, mas se não atravesso essa porta, nunca vou chegar a saber o que ela vai me falar. O que você está fazendo para mudar? Você fica olhando para a porta e não a atravessa. Temos de ser capazes de olhar os nossos limites e saber que quem manda neles somos nós. Somos nós quem administramos os nossos problemas.

    Não quero que Deus retire o sofrimento de sua vida, mas que Ele o modifique em seu jeito de olhar para os problemas. Não há mágica de transformar pessoas. O sofrimento é o momento em que nos purificamos; o momento em que você foi mais infeliz, é o momento no qual você mais cresceu. Aceitar o limite é a melhor forma de acolher o sofrimento e superá-lo. Estamos, o tempo todo, pedindo para que Deus tire nosso sofrimento, mas, hoje, tenha a coragem de pedir para que o Senhor nos ajude a ver diferente o nosso sofrimento.

    Padre Fábio de Melo

    http://www.cancaonova.com/portal/canais/eventos/novoeventos/cobertura.php?cod=2226&pre=5806&tit=O%20sofrimento%20%C3%A9%20porta

Comentários

A preparar comentários...
  • portal aeiou.pt

    Chat Bla Bla

    mail grátis aeiou    zap aeiou

  • Área Pessoal