subscrever o vídeo do dia aeiou:
subscrição efectuada.
  • Lenda das sereias, rainha do mar

    teste
    FAVORITO
    3.00/5
    Partilha no teu site ou blog:

    This is a video I have set to the music of a tune by Marisa Monte. I shot the material in Venice, while I lived there for the summer in 2000. What fascinated me is the way people live with the sea and also off the sea (this of course less and less…). Still today there is a lot of love for the sea in the way Venecians organise their life.

    As Venice is set in a laguna, where the salty sea water mixes with the land and the sweet water of the rivers, it feels almost like you are in the middle of a constant love-making of the different elements. I wanted to reflect that by bringing the song “Lenda das seireias, rainha do mar” together with the images of the city on water, as it is a song about and a prayer to all the deities of the Yoruba tradition in West-Africa, South America and the Caribean that are an integral part of these peoples spiritual relationship with the sea. As the believe in these deities travelled over the Atlantic to the new world, a syncretisation has taken place: African gods and Christian saints became interchangable. Every deiti was also represented by a Christian saint. Mother Mary became Iemanjá and vice versa; the mother of all gods and: the Deitiy of the Sea.

    The beauty of the song, the beauty of the city, the love of these different people for the sea and their spiritual bond with the sea is what inspired me. Enjoy!

    See the lyrics below.

    Este é um vídeo que criei com trilha sonora de Marisa Monte.
    Filmei o material em Veneza, durante a minha estadia lá no Verão de 2000.
    O que me fascinou foi o modo como as pessoas convivem com o mar e no mar (isto obviamente, cada vez menos…).
    Ainda hoje se percebe o carinho que os Venezianos têm pelo mar, pelo modo como organizam as suas vidas.
    Pelo facto de Veneza se situar numa laguna, onde a água do mar se mistura com o solo e a água doce dos rios, tem-se a sensação de se estar no meio de uma dança de amor entre os vários elementos.
    Procurei ilustrar isto através da associação entre a música “Lenda das Sereias, Rainha do Mar” e as imagens da cidade na água, por ser uma canção sobre, e uma oração a todas as divindades da tradição Yoruba presente na África Ocidental, América do
    Sul e Caribe, uma parte integrante da relação espiritual destes povos com o mar.
    Eles acreditam na lenda que retrata a viagem efectuada por estas divindades através do Oceano Atlântico até o Novo Mundo, aonde ocorreu o sincretismo: a combinação entre os deuses africanos e os santos cristãos.
    Cada divindade passou também a ser representada por um santo cristão.
    A Virgem Maria tornou-se Iemanjá e vice-versa; a mãe de todos os deuses: a Divindade do Mar.
    A beleza
    desta canção, a beleza da cidade, o amor destes diferentes povos pelo mar e o seu elo espiritual com o mar, foram a minha fonte de inspiração. Espero que gostem!

    Translation courtesy Maina Arriscado.

    “Lenda das Sereias, Rainha do Mar”
    (Vicente Mattos, Dinoel, Arlindo Velloso)

    Refrão I: Oguntê, Marabô, Caiala, e Sobá
    Oloxum, Ynaê, Janaina e Iemanjá
    Oguntê, Marabô, Caiala, e Sobá

    Oloxum, Ynaê, Janaina e Iemanjá
    São rainhas do mar
    Mar…
    Misterioso mar
    Que vem do horizonte
    É o berço das sereias
    Lendário e fascinante

    Olha o canto da sereia
    lalaó, oquê, ialoá
    Em noite de lua cheia
    Ouço a sereia cantar
    E o luar
    E o luar, sorrindo
    Então se encanta
    Com as doces melodias
    Os madrigais vão despertar

    RefrãoII: Ela mora no mar
    Ela brinca na areia
    No balanço das ondas
    A paz ela semeia
    Ela mora no mar
    Ela brinca na areia
    No balanço das ondas
    A paz ela semeia
    Ai quem é?

    Refrão I: Oguntê, Marabô, Caiala, e Sobá
    Oloxum, Ynaê, Janaina e Iemanjá
    Oguntê, Marabô, Caiala, e Sobá

    Oloxum, Ynaê, Janaina e Iemanjá

    Olha o canto da sereia
    lalaó, oquê, ialoà
    Em noite de lua cheia
    Ouço a sereia cantar

    Refrão II: Ela mora no mar
    Ela brinca na areia
    No balanço das ondas
    A paz ela semeia
    Ela mora no mar
    Ela brinca na areia
    No balanço das ondas
    A paz ela semeia

    Refrãi I: Oguntê, Marabô, Caiala, e Sobá
    Oloxum, Ynaê, Janaina e Iemanjá
    Oguntê, Marabô, Caiala, e Sobá
    Oloxum, Ynaê, Janaina e Iemanjá
    São rainhas do mar

  • portal aeiou.pt

    Chat Bla Bla

    mail grátis aeiou    zap aeiou

  • Área Pessoal