subscrever o vídeo do dia aeiou:
subscrição efectuada.
Foguetão russo com três satélites explode após lançamento
A explosão ocorreu no cosmódromo russo de Baikonur, no Cazaquistão, segundos após o lançamento. Ao explodir, o Proton-M, que transportava três satélites para o sistema de navegação russo Glonass, libertou para a atmosfera uma nuvem de combustível bastante tóxica. As imagens do acidente, captadas pela televisão russa, revelam a alteração de trajectória do foguetão 16 segundos após a descolagem, explodindo e desintegrando-se por completo logo de seguida e acabando por cair a cerca de 2,5 quilómetros do local de lançamento, de acordo com a Agência Espacial da Rússia (Roskosmos). O impacto formou uma cratera de 150 a 200 metros em volta do local da queda. Segundo as últimas informações, não há vítimas a registar. Porém, e por medida de precaução, a área foi evacuada devido à nuvem tóxica provocada pelo acidente. Habitantes de numerosas cidades nos arredores do cosmódromo receberam instruções para ficarem em casa e não abrirem janelas. De salientar que esta é a segunda vez que a Rússia vê fracassado o lançamento de satélites Glonass. Em Dezembro de 2010, caíram no Oceano Pacífico depois de falhar a entrada em órbita, devido a uma sobrecarga de carburante no lançador. O Glonass é a versão russa do sistema de navegação por satélite norte-americano GPS e do Galileo, desenvolvido pela União Europeia, que deve estar operacional no próximo ano.
A enviar... A enviar...

  • portal aeiou.pt

    Chat Bla Bla

    mail grátis aeiou    zap aeiou

  • Área Pessoal