subscrever o vídeo do dia aeiou:
subscrição efectuada.
  • Quem acelera, não controla as consequências

    teste
    FAVORITO
    4.33/52

    Nos últimos 16 anos, o excesso de velocidade já matou o equivalente a uma turma inteira de crianças na Irlanda. Este vídeo mostra-lhe o que isso significa.

    Nos últimos 16 anos, o excesso de velocidade já matou o equivalente a uma turma inteira de crianças na Irlanda. Este vídeo mostra-lhe o que isso significa.
  • Porque a fúria na estrada é uma má ideia

    teste
    FAVORITO
    4.33/52

    Não é preciso dar de caras com o ex-pugilista Evander Holyfield. A fúria na estrada é sempre má ideia.

    Não é preciso dar de caras com o ex-pugilista Evander Holyfield. A fúria na estrada é sempre má ideia.
  • O que está por trás de um produto feito com couro de um animal

    teste
    FAVORITO
    4.00/51

    A agência Ogilvy & Mather e a associação de defesa dos animais PETA juntaram-se para realizar esta campanha de sensibilização - provavelmente, a mais chocante alguma vez feita pela PETA.

    A agência Ogilvy & Mather e a associação de defesa dos animais PETA juntaram-se para realizar esta campanha de sensibilização - provavelmente, a mais chocante alguma vez feita pela PETA.
  • 5 minutos fazem a diferença

    teste
    FAVORITO
    4.00/51

    Um vídeo captado pela Associação Salvador com uma câmara escondida mostra a forma muito portuguesa de estacionar só por cinco minutos - e explica porque isso faz a diferença.

    Um vídeo captado pela Associação Salvador com uma câmara escondida mostra a forma muito portuguesa de estacionar só por cinco minutos - e explica porque isso faz a diferença.
  • Jovens chinesas solteiras não são sobras – apenas não querem casar

    teste
    FAVORITO
    4.33/52

    Sempre houve na China uma enorme pressão social sobre as jovens solteiras para um casamento apressado. Mas agora, as mulheres chinesas rejeitam ser pressionadas a casar, e querem fazê-lo por amor - ou não o fazer, de todo.

    Sempre houve na China uma enorme pressão social sobre as jovens solteiras para um casamento apressado. Mas agora, as mulheres chinesas rejeitam ser pressionadas a casar, e querem fazê-lo por amor - ou não o fazer, de todo.

    Na China há um nome para uma mulher solteira "acima da idade ideal" para casar: Sheng Nu.

    "Sheng Nu traduz-se literalmente como mulher de sobra", diz Li Yu Xuan, uma chinesa solteira, de 33 anos.

    "Refere-se especificamente a uma mulher acima dos 25 anos que não tenha casado", explica.

    Li Yu Xuan é uma das jovens que dá a cara num novo filme, com o qual a marca internacional de cosméticos SK-II pretende inspirar as mulheres de todo o mundo a traçar o seu próprio destino e sensibilizar-nos para o estigma social a que as chinesas estão sujeitas.

    O filme, que faz parte da campanha global #changedestiny, recolheu alguns depoimentos tocantes, com testemunhos quer de jovens chinesas, quer das suas famílias, que nos dão uma visão diferente das suas preocupações.

    "Somos ensinadas a respeitar os nossos pais, e não casar é o maior sinal de desrespeito que podemos dar", diz outra das testemunhas.

    "No nosso tempo, encontrar casamento era simples. Encontrávamos um par. Casávamos", diz o pai de uma das jovens.

    Agora, é mais complicado - ao ponto de se terem popularizados no país as "mercados de casamento", que se enchem de pais à procura de par para os seus filhos.

    O Mercado de Casamento de Shanghai, na Praça do Povo, no centro da cidade, é uma destas feiras de "dating" - com a singularidade de os directamente envolvidos, os noivos, nem sequer saberem que os seus pais estão a trocar entre si os perfis dos filhos, sonhando casamentos.

    Mas desta vez, as jovens decidiram apresentar-se elas próprias no Mercado de Casamentos de Shanghai.

    Com a ajuda da SK-II, montaram uma enorme tenda, com os seus "anúncios de casamento".

    Mas os anúncios de casamento não o eram de facto, eram na realidade mensagens especiais para os pais das jovens.

    E a tenda da SK-II no Mercado de Casamentos de Shanghai transformou-se numa plataforma, com a qual as jovens puderam expressar o seu ponto de vista, a sua determinação em ter vontade própria, o seu direito a casar por amor - ou não o fazer.

    Estas são as histórias das jovens corajosas que decidiram dar voz à sua vontade de decidir o seu destino, determinadas a mostrar a todas as outras que terem sucesso e serem independentes é algo de que se devem orgulhar.

    "Porque nós não somos Sheng Nu, não somos mulheres de sobra. Somos mulheres poderosas", diz Yu Xuan.

    História completa no ZAP
  • Eu não sou mau. Sou apenas autista.

    teste
    FAVORITO
    3.33/52

    Estímulos em excesso, que me atacam de todos os lados, barulhos, cores e cheiros que transbordam os meus sentido. Eu não sou uma peste. Apenas não consigo processar toda esta informação.

    Estímulos em excesso, que me atacam de todos os lados, barulhos, cores e cheiros que transbordam os meus sentido. Eu não sou uma peste. Apenas não consigo processar toda esta informação.

    Campanha "Can you make it to the end?", da The National Autistic Society
  • Nem todas as noivas estão felizes no dia do casamento

    teste
    FAVORITO
    4.33/52

    A cada dia que passa, há mais 41 mil crianças forçadas a casar. Este ano serão 15 milhões - e não vão viver felizes para sempre.

    A cada dia que passa, há mais 41 mil crianças forçadas a casar. Este ano serão 15 milhões - e não vão viver felizes para sempre.
  • Onda de Choque: todos são afectados

    teste
    FAVORITO
    4.00/51

    Por trás de cada vítima de um acidente de automóvel, há vítimas da vida.

    Por trás de cada vítima de um acidente de automóvel, há vítimas da vida.

    “Onde de choc", campanha francesa de prevenção rodoviária.
  • Uma História, uma Vida em 90 segundos

    teste
    FAVORITO
    4.00/51

    Aos seis anos, Deng Adut foi tirado à sua mãe. Aos 12, foi baleado nas costas. Foi levado para a Austrália. Aos 33 anos, é um refugiado especial - e continua a lutar.

    Aos seis anos, Deng Adut foi tirado à sua mãe. Aos 12, foi baleado nas costas. Foi levado para a Austrália. Aos 33 anos, é um refugiado especial - e continua a lutar.
  • Feliz Natal, e que o Mundo seja maravilhoso!

    teste
    FAVORITO
    4.33/52

    O movimento "Playing For Change" junta crianças de todo o planeta que cantam por um mundo melhor. Neste vídeo, o clássico de Louis Armstrong, "What a Wonderful World". Maravilhoso.

    O movimento "Playing For Change" junta crianças de todo o planeta que cantam por um mundo melhor. Neste vídeo, o clássico de Louis Armstrong, "What a Wonderful World". Maravilhoso.

    Relacionado:
    Mundo Maravilhoso, uma pintura

Últimos Comentários

comentários anteriores
  • portal aeiou.pt

    Chat Bla Bla

    mail grátis aeiou    zap aeiou

  • Área Pessoal