subscrever o vídeo do dia aeiou:
subscrição efectuada.
  • Baile dos Artistas 2013

    teste
    FAVORITO
    3.00/5
    Partilha no teu site ou blog:

    SOLTANDO AS FERAS E CAINDO NA GANDAIA
    Foi soltando as feras e no hit das Frenéticas que o ANTENA MIX caiu na gandaia com direito a uma credencial para cobrir a 35ª edição do Baile dos Artistas 2013. Dê asas abertas e olhos esbugalhados em tudo e em todos circulei pelas dependências do clube Português atrás do que comentar e claro com registros (autorizados) de quem sabe apreciar um baile tradicional como o dos artistas!!! Antes de postar os click’s vamos conhecer um pouquinho da história deste baile, cata só!!! No ano de 1978, na sede do Bloco Batutas de São José, no Cais de Santa Rita, acontecia pela primeira vez o Baile dos Artistas. Naquele ano, o teatrólogo Marcus Siqueira e o produtor cultural e escritor Marcelo Peixoto resolveram realizar um baile carnavalesco diferente, reunindo artistas e intelectuais. Chamaram o jornalista Valdi Coutinho para fazer a assessoria de Imprensa. No terceiro ano, ainda nos Batutas de São José, devido à morte precoce de Marcus Siqueira, o jornalista Valdi Coutinho assumiu a produção e realização do baile, a convite de Marcelo Peixoto. A partir de 1999, o jovem produtor Leo Asfora passou a assinar a produção ao lado de Valdi Coutinho. O Baile dos Artistas cresceu tanto que a antiga sede dos Batutas de São José não comportava o numeroso público que atraía, daí o motivo de transferência do local para a sede do Vassourinhas, depois para o Santa Cruz, passando pela nova sede do Batutas de São José, Sport Club do Recife, Clube Português e no ano de 2007, no Atlético Clube de Amadores, voltando, em 2008 para o Clube Português a fim de atender a vontade da maioria do grande público. Com o tema “Solte suas feras”, a programação deste ano misturou música baiana com o frevo e muito charme, glamour, alegria, fascínio, caras, bocas, descontração, irreverência e MIXturação foram alguns dos atributos para o sucesso da 35ª edição do baile. O Clube Português ficou pequeno para receber tantos foliões… Diferente dos anos anteriores o desfile de melhor fantasia deixou a desejar em relação aos anos anteriores, mas devo destacar o TRAVECÃO de Andrea Souza que faturou o prêmio máximo!!! O mais legal neste baile é o espírito de gala gay, onde a maioria dos foliões se produz para brincar e se divertir. As recém chegadas da Europa eram as mais soltinhas e desinibidas com suas plásticas a peso de Euros, as bibinhas com suas asinhas de anjo, os cafuçus só de sunga, as casadinhas na linha jarrinho e jarrão, muitos gladiadores, senhorinhas e mariconas a dar de rodo e claro, a elite pernambucana nos camarotes… Tinha de tudo neste baile!!! Todas que eu conheço e algumas que nunca vi tão fantasiadas estavam no Baile dos Artistas, cata só!!! As feias, as bonitas, as que se ESFORÇAM para serem bonitas, as sem chance alguma de serem belas, as que têm vergonha de mostrar a face, as da terceira idade, os franguinhos pintosos, as européias glamourosas, as ricas, as finas e tantas outras… O banheirão da pegação era e sempre foi um disputado DARK ROOM, mas tinha BIBA que fazia plantão na porta e só entrava quando tinha a certeza que valeria a pena se jogar no lamaçal. Confira os click’s feitos na ocasião do 35ª Baile dos Artistas… Fuiiiiiiiiiii…!!!

Comentários

A preparar comentários...