subscrever o vídeo do dia aeiou:
subscrição efectuada.
  • 16/04/2011 – Tempo com Deus – A Oração te Conecta!

    teste
    FAVORITO
    3.00/5
    Partilha no teu site ou blog:

    Estamos em mais um final de semana. Hoje é sábado, 16 de abril de 2011. Terminamos as semanas da Quaresma e, amanhã, começaremos as celebrações da Semana Santa. Aproveitemos este dia para pensar na vida do planeta, em nosso compromisso pessoal com o meio ambiente. Vamos iniciar nossa oração, pedindo a Deus para que sejamos mansos e humildes de coração.

    Vamos ler um trecho da Palavra de Deus. A citação é João, capítulo 11, versículos de 45 a 56. Muitas pessoas que tinham ido visitar Maria viram o que Jesus tinha feito e creram nele. Mas algumas pessoas voltaram e contaram aos fariseus o que ele havia feito. Então os fariseus e os chefes dos sacerdotes se reuniram com o Conselho Superior e disseram: O que é que nós vamos fazer? Esse homem está fazendo muitos milagres! Se deixarmos que ele continue fazendo essas coisas, todos vão crer nele. Aí as autoridades romanas agirão contra nós e destruirão o Templo e o nosso país. Então Caifás, que naquele ano era o Grande Sacerdote, disse: Vocês não sabem nada! Será que não entendem que para vocês é melhor que morra apenas um homem pelo povo do que deixar que o país todo seja destruído? Naquele momento Caifás não estava falando por si mesmo. Mas, como ele era o Grande Sacerdote naquele ano, estava profetizando que Jesus ia morrer pela nação. Então, daquele dia em diante, os líderes judeus fizeram planos para matar Jesus.

    Os chefes dos judeus estão de cabeça perdida. O “sinal” da ressurreição de Lázaro fez precipitar os acontecimentos, e decidiram matar Jesus, que se tornara demasiadamente incômodo e perigoso. As multidões já O tinham querido proclamar rei, declarando-o libertador da nação. Se continuar assim, os Romanos irão intervir e destruir o templo, coisa que, de modo nenhum, pode acontecer. Jesus afirmara ser o novo templo, o ponto de convergência de todo o Israel e da humanidade inteira. Mas a sua palavra não foi compreendida. E aparece Caifás que intervém com toda a sua autoridade: a eliminação de Jesus é uma exigência de estado. O bem comum exige que seja eliminado. E tudo isto se torna profecia. A missão de Jesus consiste, de fato, em reunir os filhos de Deus dispersos e em fazer de todos os povos um povo novo, na unidade do Pai, do Filho e do Espírito Santo. É o que acontece, porque Ele dá a vida «pelos» homens. Enquanto os judeus levam por diante o processo histórico, o Pai vai realizando o seu desígnio de salvação, graças à adesão filial de Cristo à sua obra. O evangelista João passa habilmente da história à teologia.

    Senhor Jesus, durante este tempo da Paixão, quero recolher-me diante do realismo da tua cruz. Ajuda-me a percorrer também esse caminho, para entrar na glória, que começa desde já. Que jamais eu ceda à tentação de fugir do combate, permitindo que a divisão se radique no mundo, e fazendo coro com os teus inimigos. Ajuda-me a aceitar generosamente a luta, confiando na tua graça, invocada na oração. Assim participarei, desde já, na vitória definitiva do amor e na alegria do Pai. Amém.

    Redação e Locução: Ismael Carvalho
    Texto Bíblico: Paulinas
    Reflexão e Oração: Dehonianos

  • portal aeiou.pt

    Chat Bla Bla

    mail grátis aeiou    zap aeiou

  • Área Pessoal